domingo, 3 de julho de 2011

Não chame ninguém de Mestre!

Mateus 23.2
Na cadeira de Moisés estão assentados os escribas e fariseus.

Na tentativa de dar seqüência ao ministério de Moises os escribas e fariseus se auto-promoveram como lideres religiosos do povo e como tais desenvolveram suas leis e costumes para doutrinar a comunidade de Israel.

O capítulo 23 do livro de Mateus é marcado pelo lamento de Jesus a respeito dos lideres religiosos combinado com sua rejeição sobre eles.

Quando Jesus fala sobre a cadeira de Moises, Ele está fazendo um paralelo entre a época de Moises e sua época destacando a posição dos lideres religiosos e o povo.

E hoje quem ocupa a posição dos fariseus? Quem está assentado na cadeira de Moises? Não é necessário muito esforço para responder estas perguntas, é obvio que hoje entre outros evangélicos e católicos estão assentados na cadeira de Moises.

Não quero ofender a ninguém com esta afirmação, assim como na época de Jesus existia o bom e famoso Fariseu chamado de Dr. Gamaliel, hoje também existem vários católicos e evangélicos que não seguem sua religião cegamente, mas que procuram ser fieis a palavra de Deus.

Atualmente, assim como os Fariseus (principal grupo religioso da época de Jesus), muitos lideres religiosos afirma conhecer a bíblia e Jesus, mas não abrem mão de seus impérios e posição de liderança. A religião se tornou um negócio e o amor a este negócio chega a ser maior que o amor ao próprio Deus, é isso que aconteceu com os fariseus, amavam seu sistema religioso do que o próprio Deus e por isso eram chamados por Jesus de hipócritas.

Se em sua época Jesus não concordava com a liderança religiosa, será que hoje Ele mudou de idéia e está satisfeito?

Mateus 23.8-11
Vós, porém, não queirais ser chamados de Rabi, porque um só é o vosso Mestre, a saber, o Cristo, e todos vós sois irmãos. E a ninguém na terra chameis vosso pai, porque um só é o vosso Pai, o qual está nos céus. Nem vos chameis mestres, porque um só é o vosso Mestre, que é o Cristo.

Em relação a uma organização religiosa, se essas palavras de Jesus não for o suficiente para convencer você nunca mais reconhecer alguém como (mestre / Pai / Rabi / Pastor / Padre, etc.) nada poderá te convencer.

Agora em relação a igreja de Cristo e aos dons que Deus deu ao homem, não podemos ser ignorantes, o Pastor da bíblia não é o dono ou líder de uma denominação religiosa  mas ágüem que com muito zelo apascenta povo de Deus.

I Coríntios 12:1
ACERCA dos dons espirituais, não quero, irmãos, que sejais ignorantes.

Efésios 4:8
Por isso diz: Subindo ao alto, levou cativo o cativeiro, E deu dons aos homens.

I Coríntios 12:28
E a uns pôs Deus na igreja, primeiramente apóstolos, em segundo lugar profetas, em terceiro doutores, depois milagres, depois dons de curar, socorros, governos, variedades de línguas.

A Igreja é o corpo de Cristo e o único cabeça desse corpo é Jesus.
Efésios 4.14-15
Para que não sejamos mais meninos inconstantes, levados em roda por todo o vento de doutrina, pelo engano dos homens que com astúcia enganam fraudulosamente. Antes, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo,

Todos os que fazem parte da Igreja (corpo de Cristo) são membros do corpo.
I Coríntios 6:15
Não sabeis vós que os vossos corpos são membros de Cristo? Tomarei, pois, os membros de Cristo, e fá-los-ei membros de uma meretriz? Não, por certo.

Jesus cobrou do apostolo Pedro a manifestação do Don de Pastor.
João 21:17
Disse-lhe terceira vez: Simão, filho de Jonas, amas-me? Simão entristeceu-se por lhe ter dito terceira vez: Amas-me? E disse-lhe: SENHOR, tu sabes tudo; tu sabes que eu te amo. Jesus disse-lhe: Apascenta as minhas ovelhas.

Quando Jesus pede para Pedro apascentar suas ovelhas, Jesus não pediu para Pedro fundar uma organização religiosa “igreja” e se fazer de Pastor/Padre, mas sim demonstrar o amor de Deus e mostrar ao povo o caminho que leva a Deus, ou seja, Jesus Cristo.


Sobre esse assunto leia também:

Não será entre vós assim!
http://eoveuserasgou.blogspot.com/2011/06/nao-sera-entre-vos-assim.html

Espírito Santo o Guia dos Filhos de Deus!
http://eoveuserasgou.blogspot.com/2011/02/espirito-santo-o-guia-dos-filhos-de_7946.html


Deus te abençoe!

Um comentário:

jonas disse...

Prezado,

Comungo da mesma opinião. Cristo rasgou o véu que constantino fez questão de costurar no concílio de Niceia colocando o acesso a Deus através de santos e papas. Após isso continuamos com a velha necessidade que fez o povo pedir a Deus um rei homem, mesmo Deus querendo continuar a ser o Deus do povo. Temos necessidade de guia terreno, mesmo Cristo querendo ser o nosso guia nos falando face a face, mas necessitamos de tradutores, profetas, mentores e outros Senhores. Cristo quer ter relacionamento conosco, nos guiar através de sua palavra e da direção do Espírito Santo, mas precisamos de bússolas, homens que parecem ter mais intimidades com Cristo que nós e se aproveitam disso para se beneficiarem seja financeiramente ou artisticamente com honras e glórias. Bem diz Deus que nos queixamos dos nossos próprios pecados. Como dizia minha falecida avó...Boa Ave maria faz quem em sua casa faz em paz.